É o que há...

Haverá com certeza uma ciência que estuda os nomes próprios. Eu até devo saber o nome, mas agora não me lembro.

Daqui por uns anos, uma série de cientistas da mesma vão estudar o facto de na zona de Mirandela e Figueira da Foz ter havido em 2007 uma onda de crianças chamadas: Maria Tinoni, Fábio Ambulância, Cátia a Caminho da Maternidade, Tatiana Bombeiro, Micael Sirene...

Numa fase de humanização do parto, que há de mais humano que uma ambulância parada na berma da auto-estrada, uma mulher a parir e um ou mais bombeiros a tentar ajudá-la?

É o que há...
publicado por D. às 15:15 | comentar | favorito