Capote



Mais uma vez conseguimos dar uma escapadela ao cinema. Enquanto os foliões curtiam o Carnaval o ZdaD e a D. foram ao cinema.
O filme é mesmo muito bom, mas claro que com a concorrência de vaqueiros veados (ler em brasileiro, s.f.f.) não vai conseguir nenhuma estatueta.
Houve algumas coisas que me chocaram no filme e uma delas foi a forma como o realizador apresentou o enforcamento dos criminosos, que me confrontou mais uma vez com a... a... nem sei nome lhe dê... de um estado continuar a achar que pode acabar com a vida de uma pessoa... Até porque a dada altura do filme quando o Capote vai à prisão vê-los pela primeira vez, o preso está em greve de fome e o Warden diz que não pode ser, porque ele não pode acabar com a sua vida, esse é um direito do povo!!!!!
Uma coisa que me irritou solenemente desde ínício do filme foi que a personagem/actor do Truman Capote me fez, durante todo o filme, lembrar o Herman José!!!! (pronto, mas vocês já sabem todos que eu não bato bem da bola!!!)
Mas vão ver, o filme é mesmo bom!
publicado por D. às 15:53 | comentar | favorito